mardi 14 avril 2015

Pas de cocooning

O inverno canadense é a estação que mais muda nossa rotina de origem tropical. E que nos atrai por toda a diversidade de atividades que nunca tivemos acesso antes. Mas nem tudo são flores. A neve que se vê em filmes de Natal é linda, mas o transtorno no dia a dia é enorme. Os custos, maiores ainda. Meus 10 a 15 minutos diários para chegar ao trabalho viram quase 1 hora. Os dias são curtíssimos, o acúmulo da neve e de gelo atrapalham a locomoção, os acidentes se multiplicam nas ruas e estradas e para complicar, as temperaturas esse ano na região de Montreal ficaram quase o tempo todo em torno dos -20C (até 5C abaixo das médias históricas, quando o resto do planeta esta sob o efeito do aquecimento global). O que fazer para manter o bom humor?!

Pas de cocooning! On fait le plein d’énergie. Nos corps et nos esprits nous en sont grés! Não tem jeito, ficar em casa durante o inverno todo é loucura. Então o negócio é se agasalhar bem, escolher uma atividade agradável e enfrentar a friaca. E foi nesse espírito que passamos esse inverno por aqui: muito ski nos finais de semana.

E foi assim o tour das estações de ski:

- Bromont: a estação fica à 1h de Montreal e fecha às 10 PM. Em alguns sábados fazem a noite branca e a estação fecha às 2 AM. Site: http://www.skibromont.com/

Ski Bromont

 - Mont Tremblant: É a estação mais sofisticada (=$$$) do Québec. A cidade é um charme mas são aproximadamente 2h30 de estrada até lá.  Site: http://www.tremblant.ca/

    Mont Tremblant

- Le Massif de Charlevois: aproximadamente 1h depois de Québec, uma vista espetacular porém não é muito acessível para iniciantes. A região também é conhecida pela excelente gastronomia. Não tivemos muita sorte, no fim de semana que estivemos por lá estava muito frio (de dar dor de cabeça ao respirar o vento gelado durante a descida) e as condições de ski não estavam favoráveis, muito gelo e pouca neve. Site: https://www.lemassif.com/
Conclusão, tiramos o domingo para jogar hockey...

- Mont St. Bruno: É apenas uma estação escola, mas é ao lado de Montreal, 20 à 30 minutos no máximo e o nível de dificuldade é pequeno. A vantagem é que fica aberta de noite então fica fácil para ir durante a semana após o trabalho. Site: http://skisaintbruno.ca/

- Lake Tahoe (California): A temperatura é outra! Praticamente primavera em pleno inverno. Uma vista de tirar o fôlego. Infelizmente esse ano não tinha caído muita neve... Site: http://www.skilaketahoe.com/

E pra terminar a estação, não podia faltar um dia com o Jacson patinando. Logo se nota que ele praticamente nasceu com os patins no pé! Uma habilidade sem igual... Mas não dá pra falar que ele não se esforça :D
Bom, de qualquer forma... com o ski no pé eu também levo meus pacotes. É o preço que se paga para aprender... Minha especialidade esse ano foi cair no plano e/ou parada. Menos perigoso, sem dúvida. Porém, inexplicável.


Le Massif, Ski St. Bruno, Ottawa e Lake Tahoe  

Une erreur est survenue dans ce gadget